The best bookmaker bet365

Дървен материал от www.emsien3.com

Ser e Cruzeiro do Sul têm interesse na Laureate

Em: 22 Julho 2020 | Fonte: Valor Econômico

Grupo americano está vendendo operações no mundo todo

Os grupos Ser Educacional e Cruzeiro do Sul têm interesse na operação brasileira da Laureate, empresa americana de ensino superior que colocou à venda todos os ativos no mundo, apurou o Valor. No Brasil, suas escolas somam cerca de 270 mil alunos.

De acordo com estimativas de fontes do setor, o ativo no país é avaliado entre R$ 3 bilhões e R$ 3,5 bilhões, o equivalente a cerca de dez vezes seu lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda). Em 2019, a unidade brasileira registrou um Ebitda ajustado de US$ 50,9 milhões.

No Brasil, a Laureate é dona de 11 instituições de ensino em várias regiões do país. Entre elas, estão a Anhembi-Morumbi e FMU, ambas de São Paulo; a UnP, em Natal; o IBMR, no Rio, a UniRitter, em Porto Alegre, entre outras.
No começo deste ano, a Laureate informou ao mercado seu interesse em se desfazer globalmente dos seus ativos, que juntos somam 875 mil estudantes. Inicialmente, a intenção da Laureate era se desfazer de todo o grupo ou em grandes blocos como, por exemplo, os negócios de Brasil e Chile juntos, mas esse projeto foi descartado diante da complexidade desse tipo de transação e optou-se por uma venda por país. O grupo americano contratou o Goldman Sachs para liderar o processo.

Já há alguns anos, os investidores estão insatisfeitos com o desempenho do grupo. Em 2017, a companhia abriu capital na Nasdaq, mas a captação ficou abaixo do esperado e os resultados operacionais dos anos seguintes não agradaram.

Em 2019, o lucro líquido aumentou 153% para US$ 937,7 milhões, no entanto, dessa quantia, US$ 869,8 milhões vieram de ganhos obtidos com a venda de ativos localizados em regiões consideradas não estratégicas. Uma dessas transações, concluída em abril do ano passado, foi a Uninorte, em Manaus, adquirida pela Ser Educacional por R$ 195 milhões.

Na madrugada de domingo, a Ser Educacional informou que “está atualmente avaliando uma potencial transação envolvendo os ativos do grupo Laureate Brasil e que até a presente data não há qualquer acordo firmado a esse respeito”. As ações da Ser Educacional encerraram o pregão de ontem com forte valorização de 15,31%. Já os papéis da Laureate, negociadas na Nasdaq, fecharam em alta de 5,48%.

Se concretizada a transação, a Ser Educacional mais do que dobraria de tamanho. Atualmente, o grupo tem 185 mil alunos e seu Ebitda ajustado de 2019 foi de R$ 335 milhões. Fontes do mercado acreditam que é uma transação complexa para a Ser, que precisaria levantar recursos para assinar um cheque de valor tão elevado. No primeiro trimestre, o lucro líquido ajustado da Ser caiu 54% para R$ 29,5 milhões.

A aquisição da unidade brasileira da Laureate é complexa devido ao seu tamanho, uma das maiores operações do grupo americano no mundo, e o atual momento do mercado. No Peru, as negociações estavam adiantadas com um fundo de private equity, mas a transação foi interrompida por causa da pandemia.

Segundo fontes, uma possibilidade é que as ofertas no Brasil venham de grupos de ensino consolidadores em parceria com fundos de private equity com perfil de longo prazo, uma vez que o setor de ensino superior deve enfrentar um período complicado, sem crescimento orgânico e aumento nas taxas de inadimplência e evasão por causa da crise econômica. Neste cenário, a opção seria crescer via aquisições. A Cruzeiro do Sul tem entre os seus acionistas o fundo soberano de Cingapura (GIC), que detém 40% do capital.
No entanto, poderia haver um empecilho por parte do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) porque Cruzeiro do Sul e Laureate têm operações relevantes em São Paulo. Essa questão também afeta outros grupos capitalizados como Cogna e Yduqs que têm forte presença nas praças de atuação da Laureate. “A oferta já teria que vir com um remédio para evitar problemas com Cade”, disse uma fonte.

Procuradas, Laureate e Cruzeiro do Sul informaram que não comentam estratégias de aquisições.

logo abmes logo abrafi logo anaceu logo anup logo fenep logo fenep logo semesp

 

 
 

Online bookmaker Romenia betwin365.webs.com